Bem Vindos

O objetivo desse blog é mostrar a importância da psicologia e acupuntura na manutenção da saúde mental.Ligue e agende o seu horário!!!















terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Direitos Humanos Básicos do Indivíduo

1. O direito de manter sua dignidade e respeito comportando-se de forma habilidosa ou assertiva – inclusive se a outra pessoa sente-se ferida – enquanto não viole os direitos humanos básicos dos outros.
2. O direito de ser tratado com respeito e dignidade.
3. O direito de negar pedidos sem ter que sentir-se culpado ou egoísta.
4. O direito de experimentar e expressar seus próprios sentimentos.
5. O direito de parar e pensar entes de agir.
6. O direito de mudar de opinião.
7. O direito de pedir o que quiser (entendendo que a outra pessoa tem o direito de dizer não).
8. O direito de fazer menos do que é humanamente capaz de fazer.
9. O direito de ser independente.
10. O direito de decidir o que fazer com o seu próprio corpo, tempo e propriedade.
11. O direito de pedir informação.
12. O direito de cometer erros e ser responsável por eles.
13. O direito de sentir-se bem consigo mesmo.
14. O direito de ter suas próprias necessidades e que essas sejam tão importantes quanto as dos demais. Além disso, temos o direito de pedir (não exigir) aos demais que correspondam às nossas necessidades e decidir se satisfazemos as dos demais.
15. O direito de ter opiniões e expressa-las.
16. O direito de decidir se satisfaz as expectativas de outras pessoas ou se comporta-se seguindo seus interesses – sempre que não viole os direitos dos demais.
17. O direito de falar sobre o problema com a pessoa envolvida e esclarece-lo, em casos-limite em que os direitos não estão totalmente claros.
18. O direito de obter aquilo que paga.
19. O direito de escolher não comportar-se de maneira assertiva ou socialmente habilidosa.
20. O direito de ter direitos e defende-los.
21. O direito de ser escutado e ser levado a sério.
22. O direito de estar só quando assim o desejar.
23. O direito de fazer qualquer coisa enquanto não viole os direitos de outra pessoa.


Fonte: OMS - Organização Mundial de Saúde

Um comentário:

  1. Bem, faço uso do direito de comentar parabéns por este post. Além de ter um grande valor educativo, também nos mostra a importância que todo ser humano deve dar para sua liberdade. Inclusive, no sentido de saber os limites para se manter livre, que nada mais é do que respeitar a liberdade do outro.
    Que você possa sempre sentir a benção de DEUS em sua vida.
    Com carinho!
    Evandro – evandrosc@rocketmail.com

    ResponderExcluir